Comunicado CDN, Luanda, 16 de Outubro de 2019